arquivo_300x287O diretor do Arquivo Nacional do Brasil, Jaime Antunes da Silva, foi exonerado após 23 anos no cargo. Quem vai assumir é José Ricardo Marques. O que se diz é que seria para cobrir cota política.

Em carta de despedida, Jaime afirmou que voltará a atuar, com dedicação exclusiva, como professor do Departamento de História da Uerj. Ele trabalhava no Arquivo desde 1965, quando ingressou pouco após completar 18 anos.

Ele escreveu a carta hoje. Leia abaixo alguns trechos:

“Nos próximos dias deixarei de ser Diretor-Geral do Arquivo Nacional, por exoneração da Presidenta da República, Dilma Vana Rousseff, referendada pelo Ministro de Estado da Justiça, José Eduardo Cardozo.

No dia 9 de dezembro de 2015, em audiência em Brasília com o Senhor Ministro da Justiça, este informou-me pessoalmente da intenção de Governo de promover a nomeação de novo Diretor-Geral para o Arquivo Nacional, em atitude que considero como correta.

(…)

Desejo que o Dr. José Ricardo Marques, novo Diretor-Geral do Arquivo Nacional, tenha uma profícua gestão institucional. O novo Diretor-Geral terá a sua disposição todas as informações necessárias para sua integração ao universo arquivístico. Todos os documentos produzidos, textos técnicos e e-mails de minha gestão estão salvos em diretório específico e resguardados para uso futuro.”

Fonte: O Globo

Diretor do Arquivo Nacional é exonerado

Uma ideia sobre “Diretor do Arquivo Nacional é exonerado

  • 19/01/2016 em 14:15
    Permalink

    Acabou o longo reinado, agora será chance do Arquivo Nacional chegar ao século XXI

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*